Todo mundo sonha em ter um belo lar pra chamar de seu, certo?

Afinal nossa casa é o resultado vivo de nossas escolhas, é através dela que buscamos a felicidade e a plenitude em nossas vidas. Nosso lar, talvez seja, o local mais importante do mundo mas ainda não nos demos conta disso.

Por isso atualmente negligenciamos tanto os espaços. Sua casa deveria ser acolhedora, aconchegante e agradável mas muitas vezes elas se tornam nosso pior pesadelo repletas de coisas por todos os lados das quais nem nos recordamos para que servem.

Vivemos constantemente buscando a felicidade mas já te aviso de antemão que ela não está em suas posses, no tamanho da sua casa ou apartamento, no modelo do seu carro, na presença ou ausência da riqueza…..a felicidade não está ligada às coisas que possuímos, não dá para comprá-la.

Para tentarmos alcançá-la é preciso muito mais do que coisas, posses e dinheiro. É preciso de autoconhecimento. Somente através dele é possível se aproximar de um estado de felicidade e para isso precisamos abrir mão de muitas outras coisas. Precisamos rever conceitos, valores, jogar fora o que já não nos serve mais, ter discernimento para avaliar o que agrega e o que sobrecarrega sua vida e você. E acredite, quando você faz isso, o reflexo em sua casa é imediato.

Quando você se torna mais consciente e leve, sua casa reflete leveza e harmonia. Quando você passa a valorizar o que realmente é importante para você, sua casa reflete em espaços bem pensados e utilizados. Quando você define o que é importante ter em sua vida, sua casa ganha um respiro e apenas coisas e objetos importantes fazem parte dela, porque estes mesmos objetos passam a contar sua história, remetem a memórias afetivas gostosas de se ter. Quando você joga fora o que não te serve mais, sua casa agradece e respira tanto quanto você.

Quando tudo isso acontece, aquela famosa frase “…não repare na bagunça…”não faz mais sentido. Porque mesmo se a casa não estiver impecavelmente arrumada(coisa que nunca ela está, e tudo bem) ela pequena desordem indicará que aquele espaço tem vida, que ali moram pessoas com histórias.

Com certeza este não é movimento fácil de se encontrar e alcançar, é preciso estar disposto e querer mudar antigos padrões. É preciso ler e estudar um pouco mais sobre você, sobre seu espaço e sobre suas escolhas. E este é o papel da decoração, repensar os espaços e a maneira como interagimos com eles.

Tenho certeza de que um ambiente simples, acolhedor e confortável, fará uma grande diferença em seu nível de satisfação com a vida. Sua alegria de viver virá da sensação de leveza, organização e bem estar, que somente um lar “simples” pode trazer. Mas como alcançar isso?

Muitas são as formas…… O Japão possui filosofias de vida muito preciosas e que podem ser adotadas por qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo…. uma delas é o Danshari.

Composta por três kanjis significa:

  • Dan(recusa): cortar tudo aquilo que não é necessário
  • Sha(eliminação): jogar fora tudo o que não tem utilidade
  • Ri(separação): se afastar do que cria comportamentos obsessivos

Danshari é a consciência de viver com o que se precisa, abandonar hábitos compulsivos e desapegar de coisas que não fazem sentido em sua vida.

E acredite nossa casa reflete quem nós somos portanto, basta dar uma boa olhada em volta que você irá facilmente identificar quantas coisas dela você realmente utiliza. Todas essas coisas ocupam espaço físico, psicológico e energético. A casa de uma pessoa é o seu reflexo mental. Não é uma questão se seguir modismos nem de dinheiro, mas viver mais e melhor, poder utilizar seu tempo e energia da melhor forma possível é atualmente o sonho de mais de 80% da população mundial. Por isso o Danshari é tão incrível, e não pense você que ele é apenas sobre jogar coisas fora, não, ele é uma nova consciência para frear a compulsividade e o ritmo consumista que o nosso mundo atual impõe.

Imagine se você pudesse fazer um DETOX em sua casa. Tirar tudo aquilo que já não é mais necessário, jogar fora tudo aquilo que não tem mais utilidade real para sua vida e assim ganhar uma nova consciência de consumo e bem estar. Seria incrível não seria? Sua casa teria mais espaço, refletiria mais calma, frescor e leveza. Teria harmonia e ao mesmo tempo sustentabilidade para se manter em ordem. E o principal, você seria uma nova pessoa, muito consciente de suas reais necessidades, conseguiria utilizar melhor seu tempo, ao invés de ficar uma hora limpando uma infinidade de coisas que já não dizem mais nada a você. Teria tempo para realmente fazer aqui que gosta e te enche de alegria. Se sentiria mais confortável em seu espaço além de desenvolver uma nova forma de consumo consciente, respeitando mais a natureza e os indivíduos e contribuindo para crescimento de um mundo melhor….

Vamos repensar o morar. Repensar nossos lares. Repensar nossa vida e escolhas. Somos apenas nós e a natureza, nossa consciência precisa mudar e precisamos nos cuidar mais. Cuidar da nossa essência e nossa natureza!

 

Pense nisso!!!

Tags:

Leave a Reply